Chi Kung em Casa – 2021

Práticas do Profundo Reparar

Início a 11 de Janeiro – via Zoom

com Margarida Bettencourt

Reparar – consertar – compor – refazer – Reparar – notar – observar – olhar – verificar – Reparar – dar importância – cuidar – ligar – Reparar – compensar – recuperar-se – ressarcir – Reparar – recuperar – restabelecer – recobrar – Reparar – dar satisfação – retratar-se – Reparar – corrigir – emendar – remediar – Reparar – melhorar – apurar – polir – retocar – Reparar – acautelar – prevenir – resguardar – Reparar – proteger-se – cobrir-se – abrigar-se 

Uma hora depois de nascer o bebé humano começa a imitar os gestos dos adultos que o rodeiam, e demonstra claramente regozijo com as respostas que obtém; reconhecemos assim uma relação íntima entre as acções do corpo dos outros e os nossos estados internos. A neurociência contemporânea diz-nos que o movimento do corpo é um dos processos mais importantes na aprendizagem sobre nós próprios e na descoberta do mundo que nos rodeia. Os movimentos do corpo criam as nossas ideias e sentimentos – gestos não são apenas reflexos do pensamento, ajudam a formar o pensamento. 

Este programa propõe a devoção ao corpo – no movimento de profundo reparar.

Modalidades

Com o intuito de ter uma oferta mais flexível e versátil de possibilidades de prática permitidas por este formato online,  serão disponibilizadas as seguintes modalidades, todas via Zoom:

  • Aulas regulares nos dias e horários que já estavam estabelecidos – detalhes do programa abaixo

2ª feira – 9.00 às 10.15 – 18 Movimentos de Tai Chi – Shibashi

3ª feira – 18.45 às 20.00 – Treino da Quietude – Zhan Zhuang

5ª feira – 18.45 às 20.00 – Passos em Chi Kung – a Dança da Saúde

Valor – 5€ por aula / 40€ livre trânsito mensal

  • Acesso às gravações das aulas regulares – as aulas regulares serão gravadas e disponibilizadas a quem pretende frequentar o programa – não podendo estar presente por incompatibilidade de horários.

Valor – 5€ por aula / 40€ livre trânsito mensal

  • Sessões de Aprofundamento e Investigação – duas horas de prática, um sábado por mês, com tema a anunciar.

Próxima data 16 de Janeiro – 10.00 às 12.00

Valor – 20€ por sessão de duas horas

  • Sessões Individuais de Tutoria – sessões de prática com duração de 50 min., acompanhamento individualizado, marcação em horário a combinar.

Valor 15€ por sessão

Inscrições abertas!

ck.margaridabettencourt@gmail.com

Programa – Aulas Regulares

18 Movimentos – Shibashi – 2ª feira – 9.00 às 10.15

Shibashi, também conhecido por Tai Chi Chi Kung em 18 movimentos é um sistema de exercícios com movimentos fluídos e contínuos. É um sistema bastante recente, criado em 1982 , e que se tornou uma disciplina obrigatória dos cursos de Medicina Tradicional Chinesa. Atribui-se a estes movimentos efeitos tonificantes e relaxantes consideráveis, que potenciam o fluir harmonioso da energia dos meridianos. Os exercícios introduzem elementos básicos de transições de peso, coordenação de braços e pernas, e integração da respiração com o movimento. Os movimentos são suaves e fluídos, com estiramentos moderados combinados com respiração coordenada, encorajando a libertação de tensões profundas nos tecidos dos sistemas musculares e neuro-vasculares.

Treino da Quietude – 3ª feira – 18.45 às 20.00

Com muito pouco movimento exterior, Zhan Zhuang é das formas mais potentes da disciplina de Chi Kung. Trata-se de um sistema singular que trabalha o funcionamento do corpo humano através de uma série de posturas cuidadosamente escolhidas ao longo de uma tradição milenar.

A prática sugere o desenvolvimento de grande força interna, como a que se desenvolve numa árvore magnífica. Estes exercícios podem ser praticados por qualquer um, sendo irrelevante a idade ou estado de saúde. Os movimentos e posturas são simples e a forma como afectam cada um depende das necessidades e capacidades individuais.

Interiormente alerta, aberto, calmo.

Exteriormente vertical, expansivo, de espírito pleno.

Este é a fundamento da quietude.

Juntar o duro e o suave, o poderoso e o folgado,

Movimento e quietude, contração e expansão:

No momento de convergência, existe poder.

Wang Xiang Zhai

Passos em Chi Kung e Dança da Saúde – 5ª feira – 18.45 às 20.00

Quando caminhamos movemo-nos de um lugar para outro usando as pernas. É um processo de mudança – e os processos de mudança podem ser dramáticos e desafiantes – expõem-nos à vulnerabilidade e à inquietação. Todas as grandes tradições de pensamento e reflexão investigam os processos de mudança e como lidamos com eles. Numa prática profunda de corpo, a disciplina do treino dos passos integra conceitos contraditórios – a quietude e o movimento – criando um treino na demanda de um equilíbrio flexível e dinâmico. A Dança da Saúde integra e explora estas noções dando espaço a uma forma mais espontânea e livre de habitar o corpo e a prática.

Aula Aberta de Chi Kung – Solstício de Inverno

A Pluma do Sopro Divino

21 de Dezembro – 9.00 às 10.00 via Zoom

com Margarida Bettencourt

Em grego a palavra psyche significa ‘alma’, e tem a mesma raiz de psychein que significa ‘respirar’; a palavra grega pneuma, que significa ‘espírito’, também é a palavra usada para ‘vento’. Neste dia de maravilhoso alinhamento do Cosmos vamos apreciar e admirar o impulso da inspiração – um treino de devoção – em que o coração é o órgão amoroso de repetição.

Programa
  • O Coração e o Diafragma na respiração
  • Pousar a mente – espaço interno – espaço externo – uma pulsação
  • Do coração às mãos
  • A vibração dos Cinco Elementos – exploração de posturas Zhan Zhuang

Inscrição

theplacetopause@gmail.com

É necessária a inscrição para obter dados de acesso à sessão Zoom

Manhã de Chi Kung – 12 de Dezembro

Práticas de Cuidado e Utopia – 3ª edição
Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação
Sábado 12 de Dezembro das 10.00 às 12.00 via Zoom

Na terceira edição deste programa vamos continuar o mergulho na investigação e exploração destas formas como possibilidades de metodologias de transformação – para a criação de uma sensibilidade corporizada, viva e compassiva.

Em filosofia utiliza-se o termo performatividade ( em inglês – performativity ): a forma como falamos afecta comportamentos, que por sua vez  dão origem a teorias e  modos de pensar. Proponho desenvolver esta performatividade  na forma como nos movemos e habitamos o corpo. Podemos assim cumprir profecias de uma auto-realização através do corpo, do pensamento e do espírito.

Compreendemos melhor o mundo quando trememos com ele, porque o mundo treme em todas as direcções. Edouard Glissant

Programa:

  • ciclos de geração e moderação nos Cinco elementos
  • a inspiração, a expiração, o movimento do ar no corpo

. a repetição e a atenção como processo de transcendência

  • aprofundamento do Tigre e Dragão 

10€ por pessoa

Inscrições – theplacetopause@gmail.com

Manhã de Chi Kung – 14 de Novembro

Práticas de Cuidado e Utopia – 2ª edição

Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação

Sábado 14 de Novembro das 10.00 às 12.00 via Zoom

Sympoiesis é uma palavra simples de origem grega que quer dizer ‘fazer com’. É uma palavra adequada para descrever qualquer tipo de sistemas complexos, dinâmicos, sensíveis, localizados e…com uma história.

No desenvolvimento da minha prática, que é muitas vezes solitária, tenho me confrontado com o desafio de descobrir e criar formas de relação que nutrem e alimentam a curiosidade que sustentam o treino e o trabalho de corpo.

Nas artes marciais há uma sensibilidade e sensualidade comparável que faz parte do treino mas que, muitas vezes fica restrita a interacções que só podem ser concebidas como competitivas ou cooperativas. Parece-me que a riqueza e o potencial da intimidade do encontro com o corpo abre possibilidades “rendilhadas” que se revelam no fazer e desfazer de nós, e na evolução e involução de padrões absolutamente extraordinários. Assim nunca estamos sozinhos, e esta noção de sympoiesis pode traduzir-se numa expansão de percepção, poros abertos, cabelos e pelos eriçados, uma escuta apurada e sensibilidade atenta que expande a prática e a mantém viva, curiosa e entrançada com tudo que nos rodeia.

Nesta manhã com duas horas de prática profunda, vamos voltar a mergulhar no universo do sistema dos Cinco Animais ao encontro da experiência desta sensual curiosidade celular como motor vital da existência.

Programa:

– a manifestação dos Cinco Elementos nos Cinco Animais – o ciclo de moderação Terra – Água – Fogo

– o diafragma e o pericárdio no enraizamento do coração 

– libertação do pescoço e dos braços através do sistema neuro-vascular

10€ por pessoa

Inscrições para:

theplacetopause@gmail.com

Chi Kung de Manhã – 17 Outubro – via Zoom

Práticas de Cuidado e Utopia

Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação

Sábado 17 Outubro das 10.00 às 12.00 via Zoom

O Corpo não é algo em que só reflectimos de vez em quando. Fazemos o corpo, adquirimos o nosso próprio corpo – e esse é um processo de mutação e transformação, um projecto aberto, cheio de possibilidades. 

Vivemos um tempo em que a vulnerabilidade do corpo está a ser dramaticamente exposta e revelada. No entanto, a atitude radical pode ser o aceitar dessa vulnerabilidade, ser objetor de consciência e recusar a atitude marcial. Através de uma prática criativa desenvolver a habilidade de sentir a totalidade das coisas como parte de cada um de nós – ser responsável de uma forma vital e apaixonada.

Em Chi Kung, como em muitas práticas tradicionais de corpo, a Natureza e os animais são inspiração para muitos dos movimentos e formas exploradas. Proponho a investigação e exploração destas formas, como possibilidades para uma metodologia de transformação – uma sensibilidade corporizada, viva e compassiva.

Programa:

 – introdução ao Sistema Wudang dos Cinco Animais 

– tecnologias de reconfiguração, percepção e sobrevivência

– o Elemento Metal – suspiro e melancolia

20€ por pessoa

Inscrições: theplacetopause@gmail.com

A Grande Aceleração e a Grande Travagem

No Taoismo cultiva-se a consciência da união do Homem com o Céu, numa perspectiva filosófica e existêncial, não religiosa. A intenção é reconhecer e escolher uma existência imparcial no Cosmos, obedecendo à ordem da Natureza, repudiando a acção deliberada e egoísta. O simples e o primordial são um desígnio fundamental. Os sistemas de passos têm origem nesta corrente académica e filosófica do Taoismo. Pretende-se integrar o cuidar do corpo com o cultivo da mente e do espírito. Assim, desenvolveram-se exercícios simples com efeitos terapêuticos poderosos, em harmonia com as doutrinas filosóficas. Sendo o intuito essencial o apurar da mente e do espírito, é interessante como a forma se expressa na integração harmoniosa das dimensões físicas, energéticas e espirituais da nossa existência.

Usamos inúmeras expressões para designar a sociedade em que hoje vivemos – sociedade do espectáculo, sociedade da informação, sociedade de risco – e a disignação sociedade da velocidade surge como uma expressão muito pertinente e reveladora. Paul Virilio, um pensador, urbanista e arquitecto francês, criou uma ciência extraordinária – a dromologia, inspirada no grego dromos que designa um recinto destinado à corrida – desenvolvendo teorias e propondo metodologias ousadas para reflectir sobre a velocidade e a aceleração tecnológica que caracteriza a nossa civilização. Começou a retirar conclusões quanto aos seus efeitos ecológicos, muito antes de estes se terem tornado evidentes e assunto de debate generalizado. 

As suas reflexões apontam para algo de particular e subtil, dando relevo, não à poluição e contaminação do mundo, mas à poluição dos nossos sistemas de percepção.  É um efeito de condicionamento que transforma a experiência perceptiva, em que o espaço é anulado e o tempo é abolido. A tirania da velocidade tem consequências em que “a aceleração do tempo nos impede de ver a diferença entre o verdadeira e o falso”; e “a aceleração do mundo põe em causa a percepção do mundo sensível e a empatia entre os seres humanos.”

A experiência extraordinária e brutal dos efeitos da pandemia Covid-19, pela desaceleração súbita da vida até à quase paragem, criou um efeito de contra-vertigem que nos afecta ao nível psicológico, emocional e físico. É desconcertante e paradoxal a experiência da aceleração de contágio, a par do desacelerar do contacto –  vivemos uma imobilidade impotente enquanto decorre a corrida contra o tempo para encontrar a “salvação”. É um tempo que exige mais do que nunca, atenção, interrogação, crítica e criação de novos possíveis.  

Como os mestres taoistas, que constataram a necessidade de uma prática que integrasse o corpo como lugar de experiência da mente e do espírito, precisamos de descobrir e inventar novas possibilidades de equilíbrio para sobreviver. Precisamos de redefinir como ocupamos o espaço e como preenchemos o tempo. Com o Corpo.

A Arte e a Cultura introduzem distância e duração. Façamos das nossas vidas obras de arte.” Paul Virilio

Manhã de prática e almoço-12 de Setembro-concluído

E assim foi, mais uma manhã de prática com almoço – calor mas já com ritmo de Outono – caminhada a escutar o tempo – habitar o pinhal e enraizar – trabalhar o centro no baloiço, com bola e troncos de árvores.

Menu delicioso da Maria João – Creme de courgette com manjericão, risoto com abóbora hokkaido e tempeh, sobremesa doce de pêssego e ameixa com creme de baunilha – maravilhoso!

Foi um prazer partilhar a prática – obrigada!

Hours fly, Flowers die, New days, New ways, Pass by, Love stays 

Manhã de Chi Kung com Almoço

12 de Setembro
10 .00 às 13.00 prática com caminhada
13.00 às 14.30 – Almoço especial de Outono

 
 

Programa

O Fogo que nutre a Terra – num momento em que as características mais óbvias do elemento fogo, a sociabilidade e a expansão, estão confrontadas com grandes limitações e constrangimentos, vamos investir na subtileza do fogo, para regenerar a terra, em profundidade, com flexibilidade e receptividade.

Posturas Zhan Zhuang – enraizamento e equilíbrio

Shu Li – a energia Terra 

O Sagrado no corpo – Passo Taoista – Terra e Céu

Todas as atividades, incluindo o almoço serão no exterior

40€ por pessoa

Inscrições muito limitadas!

theplacetopause@gmail.com

Chi Kung e Movimento Integral – 2020 / 2021

Temporada 2020/21

Programa Chi Kung em Casa – 3 aulas semanais

Nutrir Terra, Apurar Metal

Persistir e perseverar no aprofundar da consciência das Cinco Transformações na prática de um movimento integral e inteligente. Neste final de verão incomum, notar o desejo de abrandar e centrar, convergir e focar – a Terra a gerar Metal.

Início do 1º trimestre – 1 de Setembro ( 3ª feira )

2ª feira 09.00 – 10-15 – Treino do Xin Yi Nei Gong 

3ª feira 19.00 – 20.15 – Treino de Quietude

5ª feira 19.00 – 20.15 – Treino das Oito Peças de Brocado

Evento especial em The Place to Pause

Dia de Prática com almoço – 12 de Setembro

10.00 às 13.00 – Programa a anunciar

13.00 às 14.30 – Almoço especial de Outono

Inscrições abertas – theplacetopause@gmail.com