Chi Kung em Casa – Nova Temporada

Práticas do Profundo Reparar

com Margarida Bettencourt – via Zoom

Reparar – consertar – compor – refazer – Reparar – notar – observar – olhar – verificar – Reparar – dar importância – cuidar – ligar – Reparar – compensar – recuperar-se – ressarcir – Reparar – recuperar – restabelecer – recobrar – Reparar – dar satisfação – retratar-se – Reparar – corrigir – emendar – remediar – Reparar – melhorar – apurar – polir – retocar – Reparar – acautelar – prevenir – resguardar – Reparar – proteger-se – cobrir-se – abrigar-se

Aulas regulares

2ª feira – 9.00 às 10.15

3ª feira – 19.00 às 20.15

Valor – 5€ por aula

 

Fim de Verão – Manhã de Chi Kung

Fim de Verão – Elemento Terra

Manhã de Prática – Almoço do Aconchego

4 de Setembro10.00 às 14.30

Terra

Terra

Por mais distante o errante navegante

Quem jamais te esqueceria?

Eu estou apaixonado por uma menina terra

Signo de elemento terra

Do mar se diz terra à vista

Terra para o pé firmeza

Terra para mão carícia

Caetano Veloso

Programa

No sistema dos Cinco Elementos, Terra é considerado o pito, o fulcro central em torno do qual as outras forças se movem em constante intercâmbio de relações. Como o planeta terra, é uma energia de profundidade e estabilidade – que absorve as outras forças e sustenta a vida.

Conteúdos a desenvolver:

– Posturas Zhan Zhuang  – as relações dos Cinco Elementos

– Explorar o equilíbrio  e a estabilidade

– Fortalecer e tonificar as pernas – o Gua

As sessões de prática serão no pavilhão exterior e prevê-se também uma caminhada em meditação com prática no pinhal.

40€ por pessoa (inclui almoço)

Inscrições limitadas – theplacetopause@gmail.com

Stand still, keep your spirit (Master Long Nian)

manhã de Chi Kung e almoço luminoso

sol – terra – corpo pleno

manhã de Chi Kung e almoço luminoso

5 de Junho de 2021

10.00 às 13.00 – prática com caminhada – mergulho no bosque – banho de luz

13.00 às 14.30 – Almoço

O poder do Fogo é indispensável ao ser humano – é um poder vital.

O treino desta qualidade de energia afecta-nos profundamente a muito níveis – tem a capacidade de derreter, fundir, dissolver obstruções físicas, mentais e emocionais – desde tensões musculares à inércia e depressão. Desenvolve o calor do coração, o humor e a criatividade. É a essência do poder da intuição e da imaginação.

Explorando a respiração do mundo no seu dinamismo mais primário – vamos nos embrenhar na direcção do seio da terra – elevando-nos para o Sol.

Programa

  • caminhar – deslocações – órbitas – o movimento universal
  • Treino da Quietude- posturas Zhan Zhuang – estar de pé como uma árvore
  • respiração – ligação ao fogo que tudo decide
  • partituras e exercícios de percepção no habitar do corpo e do espaço 

40€ por pessoa

Inscrições abertas – theplacetopause@gmail.com

As plantas são a transfiguração metafísica da rotação do planeta em torno do sol, o limiar que transforma um fenómeno puramente mecânico em acontecimento metafísico. E, o que é mais, elas fazem o Sol habitar na Terra; transformam o sopro do Sol – a sua energia, a sua luz, os seus raios – nos corpos que habitam o planeta; fazem da carne viva de todos os organismos terrestres uma matéria solar. 

A Vida das Plantas – Emanuele Coccia

Manhã de Chi Kung e almoço – Concluído!

Mergulho no Bosque

As árvores acalmam e ajudam-nos a recuperar, a sarar, a harmonizar. Quando vemos imagens de hospitais do fim do séc. XIX e início do séc.XX vemos que são densamente arborizados. É verdade que é difícil de medir os efeitos da exposição às árvores, dependerá sem dúvida da receptividade de cada um, sendo que as árvores também não são todas iguais – mas parece indiscutível que elas nos fazem bem.

No Japão existe a prática do banho de floresta – shinrin-yoku . Há estudos envolvendo grupos diversificados de populações japonesas na prática do banho de floresta, nos quais se fizeram registos regulares dos indicadores de stress com parâmetros simples como a tensão arterial, o batimento cardíaco, e os níveis de cortisol. Os efeitos calmantes destes banhos e o efeito das árvores na atenuação do stress apresentam-se como evidentes.

É já reconhecido que as árvores podem estimular o nosso sistema imunitário. Para além do shinrin-yoku,  já referido, empregam-se também as aromaterapias para reforçar as defesas imunitárias. As árvores produzem substâncias voláteis denominadas phytoncides, que são essenciais aos bosques na protecção das infecções microbianas. Estas mesmas substâncias são susceptíveis de ativar os nossos linfócitos – um passeio de um dia ou dois na floresta tem efeitos durante um mês na atividade dos linfócitos. Basta inspirar para captar as substâncias que voltejam em redor, verdadeiros elfos bem feitores. É a bio-inspiração, literalmente.

Esta partilha generosa vai para além dos efeitos no sistema imunitário – há substâncias com efeito antioxidante, anti-inflamatório e até que influenciam a regeneração dos ossos. Talvez com estes estudos, e outros que se seguirão, possamos encontrar alguma explicação para a nossa ligação íntima com as árvores.

Talvez se goste da sua companhia, porque o corpo sabe o bem que nos fazem.

Referências – Penser comme une arbre de Jacques Tassin

Próximo evento – manhã de Chi Kung e almoço – dia 5 de Junho

Em breve mais informações

Chi Kung em Casa – 2021

Práticas do Profundo Reparar

Início a 11 de Janeiro – via Zoom

com Margarida Bettencourt

Reparar – consertar – compor – refazer – Reparar – notar – observar – olhar – verificar – Reparar – dar importância – cuidar – ligar – Reparar – compensar – recuperar-se – ressarcir – Reparar – recuperar – restabelecer – recobrar – Reparar – dar satisfação – retratar-se – Reparar – corrigir – emendar – remediar – Reparar – melhorar – apurar – polir – retocar – Reparar – acautelar – prevenir – resguardar – Reparar – proteger-se – cobrir-se – abrigar-se 

Uma hora depois de nascer o bebé humano começa a imitar os gestos dos adultos que o rodeiam, e demonstra claramente regozijo com as respostas que obtém; reconhecemos assim uma relação íntima entre as acções do corpo dos outros e os nossos estados internos. A neurociência contemporânea diz-nos que o movimento do corpo é um dos processos mais importantes na aprendizagem sobre nós próprios e na descoberta do mundo que nos rodeia. Os movimentos do corpo criam as nossas ideias e sentimentos – gestos não são apenas reflexos do pensamento, ajudam a formar o pensamento. 

Este programa propõe a devoção ao corpo – no movimento de profundo reparar.

Modalidades

Com o intuito de ter uma oferta mais flexível e versátil de possibilidades de prática permitidas por este formato online,  serão disponibilizadas as seguintes modalidades, todas via Zoom:

  • Aulas regulares nos dias e horários que já estavam estabelecidos – detalhes do programa abaixo

2ª feira – 9.00 às 10.15 – 18 Movimentos de Tai Chi – Shibashi

3ª feira – 19.00 às 20.15 – Treino da Quietude – Zhan Zhuang

5ª feira – 19.00 às 20.15 – Passos em Chi Kung – a Dança da Saúde

Valor – 5€ por aula / 40€ livre trânsito mensal

  • Acesso às gravações das aulas regulares – as aulas regulares serão gravadas e disponibilizadas a quem pretende frequentar o programa – não podendo estar presente por incompatibilidade de horários.

Valor – 5€ por aula / 40€ livre trânsito mensal

  • Sessões de Aprofundamento e Investigação – duas horas de prática, um sábado por mês, com tema a anunciar.

Próxima data 16 de Janeiro – 10.00 às 12.00

Valor – 20€ por sessão de duas horas

  • Sessões Individuais de Tutoria – sessões de prática com duração de 50 min., acompanhamento individualizado, marcação em horário a combinar.

Valor 15€ por sessão

Inscrições abertas!

ck.margaridabettencourt@gmail.com

Programa – Aulas Regulares

18 Movimentos – Shibashi – 2ª feira – 9.00 às 10.15

Shibashi, também conhecido por Tai Chi Chi Kung em 18 movimentos é um sistema de exercícios com movimentos fluídos e contínuos. É um sistema bastante recente, criado em 1982 , e que se tornou uma disciplina obrigatória dos cursos de Medicina Tradicional Chinesa. Atribui-se a estes movimentos efeitos tonificantes e relaxantes consideráveis, que potenciam o fluir harmonioso da energia dos meridianos. Os exercícios introduzem elementos básicos de transições de peso, coordenação de braços e pernas, e integração da respiração com o movimento. Os movimentos são suaves e fluídos, com estiramentos moderados combinados com respiração coordenada, encorajando a libertação de tensões profundas nos tecidos dos sistemas musculares e neuro-vasculares.

Treino da Quietude – 3ª feira – 18.45 às 20.00

Com muito pouco movimento exterior, Zhan Zhuang é das formas mais potentes da disciplina de Chi Kung. Trata-se de um sistema singular que trabalha o funcionamento do corpo humano através de uma série de posturas cuidadosamente escolhidas ao longo de uma tradição milenar.

A prática sugere o desenvolvimento de grande força interna, como a que se desenvolve numa árvore magnífica. Estes exercícios podem ser praticados por qualquer um, sendo irrelevante a idade ou estado de saúde. Os movimentos e posturas são simples e a forma como afectam cada um depende das necessidades e capacidades individuais.

Interiormente alerta, aberto, calmo.

Exteriormente vertical, expansivo, de espírito pleno.

Este é a fundamento da quietude.

Juntar o duro e o suave, o poderoso e o folgado,

Movimento e quietude, contração e expansão:

No momento de convergência, existe poder.

Wang Xiang Zhai

Passos em Chi Kung e Dança da Saúde – 5ª feira – 18.45 às 20.00

Quando caminhamos movemo-nos de um lugar para outro usando as pernas. É um processo de mudança – e os processos de mudança podem ser dramáticos e desafiantes – expõem-nos à vulnerabilidade e à inquietação. Todas as grandes tradições de pensamento e reflexão investigam os processos de mudança e como lidamos com eles. Numa prática profunda de corpo, a disciplina do treino dos passos integra conceitos contraditórios – a quietude e o movimento – criando um treino na demanda de um equilíbrio flexível e dinâmico. A Dança da Saúde integra e explora estas noções dando espaço a uma forma mais espontânea e livre de habitar o corpo e a prática.

Manhã de Chi Kung – 14 de Novembro

Práticas de Cuidado e Utopia – 2ª edição

Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação

Sábado 14 de Novembro das 10.00 às 12.00 via Zoom

Sympoiesis é uma palavra simples de origem grega que quer dizer ‘fazer com’. É uma palavra adequada para descrever qualquer tipo de sistemas complexos, dinâmicos, sensíveis, localizados e…com uma história.

No desenvolvimento da minha prática, que é muitas vezes solitária, tenho me confrontado com o desafio de descobrir e criar formas de relação que nutrem e alimentam a curiosidade que sustentam o treino e o trabalho de corpo.

Nas artes marciais há uma sensibilidade e sensualidade comparável que faz parte do treino mas que, muitas vezes fica restrita a interacções que só podem ser concebidas como competitivas ou cooperativas. Parece-me que a riqueza e o potencial da intimidade do encontro com o corpo abre possibilidades “rendilhadas” que se revelam no fazer e desfazer de nós, e na evolução e involução de padrões absolutamente extraordinários. Assim nunca estamos sozinhos, e esta noção de sympoiesis pode traduzir-se numa expansão de percepção, poros abertos, cabelos e pelos eriçados, uma escuta apurada e sensibilidade atenta que expande a prática e a mantém viva, curiosa e entrançada com tudo que nos rodeia.

Nesta manhã com duas horas de prática profunda, vamos voltar a mergulhar no universo do sistema dos Cinco Animais ao encontro da experiência desta sensual curiosidade celular como motor vital da existência.

Programa:

– a manifestação dos Cinco Elementos nos Cinco Animais – o ciclo de moderação Terra – Água – Fogo

– o diafragma e o pericárdio no enraizamento do coração 

– libertação do pescoço e dos braços através do sistema neuro-vascular

10€ por pessoa

Inscrições para:

theplacetopause@gmail.com

Chi Kung de Manhã – 17 Outubro – via Zoom

Práticas de Cuidado e Utopia

Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação

Sábado 17 Outubro das 10.00 às 12.00 via Zoom

O Corpo não é algo em que só reflectimos de vez em quando. Fazemos o corpo, adquirimos o nosso próprio corpo – e esse é um processo de mutação e transformação, um projecto aberto, cheio de possibilidades. 

Vivemos um tempo em que a vulnerabilidade do corpo está a ser dramaticamente exposta e revelada. No entanto, a atitude radical pode ser o aceitar dessa vulnerabilidade, ser objetor de consciência e recusar a atitude marcial. Através de uma prática criativa desenvolver a habilidade de sentir a totalidade das coisas como parte de cada um de nós – ser responsável de uma forma vital e apaixonada.

Em Chi Kung, como em muitas práticas tradicionais de corpo, a Natureza e os animais são inspiração para muitos dos movimentos e formas exploradas. Proponho a investigação e exploração destas formas, como possibilidades para uma metodologia de transformação – uma sensibilidade corporizada, viva e compassiva.

Programa:

 – introdução ao Sistema Wudang dos Cinco Animais 

– tecnologias de reconfiguração, percepção e sobrevivência

– o Elemento Metal – suspiro e melancolia

20€ por pessoa

Inscrições: theplacetopause@gmail.com

Manhã de prática e almoço-12 de Setembro-concluído

E assim foi, mais uma manhã de prática com almoço – calor mas já com ritmo de Outono – caminhada a escutar o tempo – habitar o pinhal e enraizar – trabalhar o centro no baloiço, com bola e troncos de árvores.

Menu delicioso da Maria João – Creme de courgette com manjericão, risoto com abóbora hokkaido e tempeh, sobremesa doce de pêssego e ameixa com creme de baunilha – maravilhoso!

Foi um prazer partilhar a prática – obrigada!

Hours fly, Flowers die, New days, New ways, Pass by, Love stays 

Manhã de Chi Kung com Almoço

12 de Setembro
10 .00 às 13.00 prática com caminhada
13.00 às 14.30 – Almoço especial de Outono

 
 

Programa

O Fogo que nutre a Terra – num momento em que as características mais óbvias do elemento fogo, a sociabilidade e a expansão, estão confrontadas com grandes limitações e constrangimentos, vamos investir na subtileza do fogo, para regenerar a terra, em profundidade, com flexibilidade e receptividade.

Posturas Zhan Zhuang – enraizamento e equilíbrio

Shu Li – a energia Terra 

O Sagrado no corpo – Passo Taoista – Terra e Céu

Todas as atividades, incluindo o almoço serão no exterior

40€ por pessoa

Inscrições muito limitadas!

theplacetopause@gmail.com