Manhã de Chi Kung e almoço – Concluído!

Mergulho no Bosque

As árvores acalmam e ajudam-nos a recuperar, a sarar, a harmonizar. Quando vemos imagens de hospitais do fim do séc. XIX e início do séc.XX vemos que são densamente arborizados. É verdade que é difícil de medir os efeitos da exposição às árvores, dependerá sem dúvida da receptividade de cada um, sendo que as árvores também não são todas iguais – mas parece indiscutível que elas nos fazem bem.

No Japão existe a prática do banho de floresta – shinrin-yoku . Há estudos envolvendo grupos diversificados de populações japonesas na prática do banho de floresta, nos quais se fizeram registos regulares dos indicadores de stress com parâmetros simples como a tensão arterial, o batimento cardíaco, e os níveis de cortisol. Os efeitos calmantes destes banhos e o efeito das árvores na atenuação do stress apresentam-se como evidentes.

É já reconhecido que as árvores podem estimular o nosso sistema imunitário. Para além do shinrin-yoku,  já referido, empregam-se também as aromaterapias para reforçar as defesas imunitárias. As árvores produzem substâncias voláteis denominadas phytoncides, que são essenciais aos bosques na protecção das infecções microbianas. Estas mesmas substâncias são susceptíveis de ativar os nossos linfócitos – um passeio de um dia ou dois na floresta tem efeitos durante um mês na atividade dos linfócitos. Basta inspirar para captar as substâncias que voltejam em redor, verdadeiros elfos bem feitores. É a bio-inspiração, literalmente.

Esta partilha generosa vai para além dos efeitos no sistema imunitário – há substâncias com efeito antioxidante, anti-inflamatório e até que influenciam a regeneração dos ossos. Talvez com estes estudos, e outros que se seguirão, possamos encontrar alguma explicação para a nossa ligação íntima com as árvores.

Talvez se goste da sua companhia, porque o corpo sabe o bem que nos fazem.

Referências – Penser comme une arbre de Jacques Tassin

Próximo evento – manhã de Chi Kung e almoço – dia 5 de Junho

Em breve mais informações

Aula Aberta de Chi Kung – Solstício de Inverno

A Pluma do Sopro Divino

21 de Dezembro – 9.00 às 10.00 via Zoom

com Margarida Bettencourt

Em grego a palavra psyche significa ‘alma’, e tem a mesma raiz de psychein que significa ‘respirar’; a palavra grega pneuma, que significa ‘espírito’, também é a palavra usada para ‘vento’. Neste dia de maravilhoso alinhamento do Cosmos vamos apreciar e admirar o impulso da inspiração – um treino de devoção – em que o coração é o órgão amoroso de repetição.

Programa
  • O Coração e o Diafragma na respiração
  • Pousar a mente – espaço interno – espaço externo – uma pulsação
  • Do coração às mãos
  • A vibração dos Cinco Elementos – exploração de posturas Zhan Zhuang

Inscrição

theplacetopause@gmail.com

É necessária a inscrição para obter dados de acesso à sessão Zoom

Manhã de Chi Kung – 12 de Dezembro

Práticas de Cuidado e Utopia – 3ª edição
Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação
Sábado 12 de Dezembro das 10.00 às 12.00 via Zoom

Na terceira edição deste programa vamos continuar o mergulho na investigação e exploração destas formas como possibilidades de metodologias de transformação – para a criação de uma sensibilidade corporizada, viva e compassiva.

Em filosofia utiliza-se o termo performatividade ( em inglês – performativity ): a forma como falamos afecta comportamentos, que por sua vez  dão origem a teorias e  modos de pensar. Proponho desenvolver esta performatividade  na forma como nos movemos e habitamos o corpo. Podemos assim cumprir profecias de uma auto-realização através do corpo, do pensamento e do espírito.

Compreendemos melhor o mundo quando trememos com ele, porque o mundo treme em todas as direcções. Edouard Glissant

Programa:

  • ciclos de geração e moderação nos Cinco elementos
  • a inspiração, a expiração, o movimento do ar no corpo

. a repetição e a atenção como processo de transcendência

  • aprofundamento do Tigre e Dragão 

10€ por pessoa

Inscrições – theplacetopause@gmail.com

Manhã de Chi Kung – 14 de Novembro

Práticas de Cuidado e Utopia – 2ª edição

Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação

Sábado 14 de Novembro das 10.00 às 12.00 via Zoom

Sympoiesis é uma palavra simples de origem grega que quer dizer ‘fazer com’. É uma palavra adequada para descrever qualquer tipo de sistemas complexos, dinâmicos, sensíveis, localizados e…com uma história.

No desenvolvimento da minha prática, que é muitas vezes solitária, tenho me confrontado com o desafio de descobrir e criar formas de relação que nutrem e alimentam a curiosidade que sustentam o treino e o trabalho de corpo.

Nas artes marciais há uma sensibilidade e sensualidade comparável que faz parte do treino mas que, muitas vezes fica restrita a interacções que só podem ser concebidas como competitivas ou cooperativas. Parece-me que a riqueza e o potencial da intimidade do encontro com o corpo abre possibilidades “rendilhadas” que se revelam no fazer e desfazer de nós, e na evolução e involução de padrões absolutamente extraordinários. Assim nunca estamos sozinhos, e esta noção de sympoiesis pode traduzir-se numa expansão de percepção, poros abertos, cabelos e pelos eriçados, uma escuta apurada e sensibilidade atenta que expande a prática e a mantém viva, curiosa e entrançada com tudo que nos rodeia.

Nesta manhã com duas horas de prática profunda, vamos voltar a mergulhar no universo do sistema dos Cinco Animais ao encontro da experiência desta sensual curiosidade celular como motor vital da existência.

Programa:

– a manifestação dos Cinco Elementos nos Cinco Animais – o ciclo de moderação Terra – Água – Fogo

– o diafragma e o pericárdio no enraizamento do coração 

– libertação do pescoço e dos braços através do sistema neuro-vascular

10€ por pessoa

Inscrições para:

theplacetopause@gmail.com

Chi Kung de Manhã – 17 Outubro – via Zoom

Práticas de Cuidado e Utopia

Os Animais em Chi Kung como Metodologias de Transformação

Sábado 17 Outubro das 10.00 às 12.00 via Zoom

O Corpo não é algo em que só reflectimos de vez em quando. Fazemos o corpo, adquirimos o nosso próprio corpo – e esse é um processo de mutação e transformação, um projecto aberto, cheio de possibilidades. 

Vivemos um tempo em que a vulnerabilidade do corpo está a ser dramaticamente exposta e revelada. No entanto, a atitude radical pode ser o aceitar dessa vulnerabilidade, ser objetor de consciência e recusar a atitude marcial. Através de uma prática criativa desenvolver a habilidade de sentir a totalidade das coisas como parte de cada um de nós – ser responsável de uma forma vital e apaixonada.

Em Chi Kung, como em muitas práticas tradicionais de corpo, a Natureza e os animais são inspiração para muitos dos movimentos e formas exploradas. Proponho a investigação e exploração destas formas, como possibilidades para uma metodologia de transformação – uma sensibilidade corporizada, viva e compassiva.

Programa:

 – introdução ao Sistema Wudang dos Cinco Animais 

– tecnologias de reconfiguração, percepção e sobrevivência

– o Elemento Metal – suspiro e melancolia

20€ por pessoa

Inscrições: theplacetopause@gmail.com

Manhã de prática e almoço-12 de Setembro-concluído

E assim foi, mais uma manhã de prática com almoço – calor mas já com ritmo de Outono – caminhada a escutar o tempo – habitar o pinhal e enraizar – trabalhar o centro no baloiço, com bola e troncos de árvores.

Menu delicioso da Maria João – Creme de courgette com manjericão, risoto com abóbora hokkaido e tempeh, sobremesa doce de pêssego e ameixa com creme de baunilha – maravilhoso!

Foi um prazer partilhar a prática – obrigada!

Hours fly, Flowers die, New days, New ways, Pass by, Love stays 

Flexibilidade e Agilidade – Viva a Primavera!

Dia de prática de Chi Kung com Margarida Bettencourt

primavera

Flexibilidade e Agilidade – Viva a Primavera!

29 de Fevereiro – 10.00 às 17.30

Na primavera existe uma qualidade de energia flexível, dinâmica e criativa. O seu impulso é como o de uma árvore bem enraizada e harmoniosa com jovem folhas a despontar. Na exploração do corpo podemos desenvolver conceitos que exploram a noção de mola, salto, elasticidade, resiliência, tensegridade e ainda a ideia de origem, fonte ou raiz.

Neste dia de prática mais profunda vamos aceder a essa energia impetuosa dirigindo-a e trabalhando-a para fortalecer os tendões e músculos, combinando exercícios que asseguram a integridade global do corpo, e proporcionam estabilidade e resistência.

Na refeição vamos privilegiar o fígado e vesícula biliar, que são os órgãos desta estação segundo os princípios das Cinco Transformações.

As sessões de prática serão no pavilhão exterior e prevê-se também uma caminhada em meditação com prática no pinhal.

Conteúdos a desenvolver:

– Posturas Zhan Zhuang;

– Shu Li – testar o poder em movimento – energia madeira;

– alinhamento, volumes do corpo, curvas da coluna;

– a experiência do movimento na estrutura óssea;

– espirais e expansão para o espaço;

– do centro para as extremidades;

– enraizamento e trabalho dos pés

55€ por pessoa (inclui almoço vegan macrobiótico)

Inscrições limitadas para: theplacetopause@gmail.com

Retiro de Fim de Ano 2019- 2020

sunrise

Retiro de Fim de Ano 
29 de Dezembro de 2019 a 1 de Janeiro de 2020

Neste retiro de Fim de Ano, o abrandamento e a percepção da quietude como estado de inteligência primordial continuam a ser uma investigação essencial. Propomos 3 dias de prática e disciplina tranquila para integração de corpo e mente na inspiração de mais um ciclo. Para uma experiência de abrandamento mais autêntica, será instalado um período de quietude e sossego desde a noite de chegada até ao jantar de passagem do ano. 

Conteúdos

– prática  de Zhan Zhuang Chi Kung;

  meditação e investigação da quietude;

– alinhamento e movimento integral;

– inspiração, expiração, voz e sopro;

– caminhadas;

– rituais de celebração;

– detox com sopas nutritivas e terapêuticas 

– Jantar Sublime de Passagem de Ano 

– Brunch de Ano Novo

Alimentação

As refeições estão a cargo de Maria João Martinho, formada pelo Instituto de Macrobiótica de Portugal, e são elaboradas com produtos biológicos de origem certificada. 

Preço por pessoa: 200€

– Desconto de 10% para inscrições feitas até 1 de Dezembro

– Desconto de 10% para casais e familiares

– Desconto de 15% na acumulação das duas condições acima

Inscrições: theplacetopause@gmail.com

Programa

Chegada – dia 29

15h00 – Recepção 

16.00 – Caminhada de abrandamento 

17.00 – Meditação e prática de Chi Kung

19h30 – Jantar 

21h – Apresentação 

22h30 – Recolhimento

dia 30 

07h00 – Despertar e chá da manhã

07h30-  Meditação e prática de Chi Kung

09h00 – Pequeno almoço 

11h00 – Prática Chi Kung – estrutura, alinhamento e alongamento 

13h00 – Almoço 

16h00 – Chi Kung – a prática, a teoria, a alimentação a integração no quotidiano

18.30 – Meditação

19h30 – Jantar 

21h00 – Prática de Chi Kung para o repouso 

22h00 – Ceia com chá ou caldo

22h30 – Recolhimento 

dia 31

07h00 – Despertar e chá da manhã

07h30- Meditação e prática de Chi Kung

09h00 – Pequeno almoço 

11h00 – Prática Chi Kung – estrutura, alinhamento e alongamento 

13h00 – Almoço 

16h00 – Chi Kung – respiração e movimento

18h00 – Chá e tempo de reflexão

21h00 – Jantar Sublime de Fim de Ano

23h30 – Meditação para a Passagem do Ano –  inspiração e expiração – celebração do movimento novo

01h30 – Recolhimento 

dia 1

08h00 – Despertar e chá da manhã 

08h30 – Meditação e prática de Chi Kung – alongamentos

09h00 – Caminhada de Ano Novo

12h00 – Brunch de Ano Novo

14h00 – Balanço das atividades e despedida